Elgin Baylor, membro do Hall da Fama da NBA e ídolo dos Lakers, morre aos 86

Ala disputou oito finais da liga norte-americana, mas nunca conquistou o título

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

AFP

Elgin Baylor, um dos maiores jogadores da história do Los Angeles Lakers, morreu nesta segunda-feira (22) aos 86 anos. A notícia da morte do atleta, membro do Hall da Fama da NBA, foi anunciada pela franquia da Califórnia.

De acordo com o comunicado da instituição, Bayler morreu de causas naturais. O ala está entre os grandes astros da NBA que nunca conquistaram um anel de campeão, apesar de ter disputado oito finais da liga.

Elgin Baylor é membro do Hall da Fama da NBA
Elgin Baylor é membro do Hall da Fama da NBA - Kevin Winter - 18.mar.2013/AFP

O lendário jogador disputou 14 temporadas pelos Lakers, primeiro em Minneapolis e depois em Los Angeles após a transferência da franquia para a costa oeste americana, e foi escolhido 11 vezes para o All-Star Game.

"Elgin foi o superastro da nossa era", reconheceu Jeanie Buss, proprietária do Los Angeles Lakers, atuais campeões da NBA.

Após sua aposentadoria em 1971, Baylor foi indicado para o Hall da Fama em 1977 e trabalhou como treinador do New Orleans Jazz e como vice-presidente esportivo do Los Angeles Clippers.

Em 1996, a NBA o incluiu na lista dos 50 melhores jogadores de sua história, em uma votação realizada nas comemorações do aniversário de meio século de existência da liga.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.