Renan Dal Zotto, técnico da seleção de vôlei, é internado com Covid

Segundo a CBV, ele está no quarto devido a uma baixa na saturação de oxigênio

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A CBV (Confederação Brasileira de Voleibol) informou nesta sexta-feira (16) que o técnico da seleção masculina, Renan Dal Zotto, 60, precisou ser internado devido a uma baixa na saturação de oxigênio após ter contraído Covid-19 e uma pneumonia bacteriana.

Na quarta (14), data do comunicado anterior da CBV, Renan estava em casa e apresentava poucos sintomas do coronavírus.

"O treinador conta com um suplemento de oxigênio em dose baixa, está no quarto e seu estado geral é considerado controlado", disse a entidade nesta sexta.

Renan Dal Zotto durante partida da seleção brasileira durante a Copa do Mundo masculina, em outubro, no Japão
Renan, técnico da seleção, contraiu coronavírus e também tem uma pneumonia bacteriana - Divulgação/FIVB

A confederação também atualizou o estado de saúde do seu vice-presidente, Radamés Lattari, 63, que foi intubado no início da semana. "Radamés encontra-se clinicamente melhor, menos sedado, ventilando de forma espontânea e com menos pressões no respirador."

Além de preocuparem, os dois casos puseram em xeque a tentativa da CBV de criar uma "bolha sanitária" no centro de desenvolvimento da entidade, em Saquarema (RJ).

Renan e Radamés frequentaram o local recentemente e estiveram juntos na decisão da Superliga feminina, realizada em Saquarema na semana passada. O dirigente inclusive participou da premiação do torneio, vencido pelo Itambé/Minas, e entregou a taça para a capitã Carol Gattaz.

Radamés Lattari entrega taça para capitã do Minas, Carol Gattaz
Radamés Lattari, vice-presidente da CBV, entrega taça da Superliga para a capitã do Minas, Carol Gattaz - Wander Roberto 5.abr.21/Inovafoto/CBV

A reta final da Superliga masculina também é realizada no local. EMS Taubaté Funvic e Minas Tênis Clube decidem o título desde quarta, em série melhor de três jogos. O segundo deles, que pode definir o time paulista como campeão, será nesta sexta, às 19h.

Com a confirmação dos casos de Radamés e Renan, a CBV reuniu os frequentadores da "bolha", na segunda (12), para nova bateria de testes. “Staff da CBV, componentes das seleções brasileiras e todos os integrantes de EMS Taubaté Funvic (SP) e Minas Tênis Clube (MG) testaram negativo”, informou a confederação.

A tentativa de "bolha" em Saquarema foi adotada para que a Superliga pudesse ser concluída –no ano passado, o torneio foi encerrado por conta da pandemia de Covid-19 sem a definição de finalistas e campeões.

As seleções brasileiras também já começaram a se preparar para a Olimpíada de Tóquio no centro de desenvolvimento.

Com o afastamento de Renan, os auxiliares Carlos Schwanke e Ricardo Tabach conduzem os treinos da seleção com nove atletas. Mais quatro convocados vão se apresentar na segunda (19): o oposto Wallace, o central Flávio, o levantador Carísio e o ponteiro Vaccari.

O Brasil se prepara para a Liga das Nações, entre maio e junho, na Itália, e os Jogos de Tóquio, entre julho e agosto.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.