Descrição de chapéu Velocidade

Lewis Hamilton vence GP da Espanha e iguala recorde de Senna

Com cinco vitórias consecutivas em um mesmo circuito, inglês alcança marca de brasileiro

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O heptacampeão Lewis Hamilton, 36, venceu neste domingo (9) o GP da Espanha, quarta etapa da temporada 2021 do Mundial de F1. Foi o quinto ano consecutivo de vitória na corrida da Catalunha, que faz com que o piloto inglês repita um feito do brasileiro Ayrton Senna, vencedor em Mônaco cinco vezes seguidas (de 1989 a 1993).

Também foi a sexta vez que o britânico largou na liderança na pista espanhola (2014, 2016, 2017, 2018, 2020 e 2021). Neste sábado (8), ele foi o mais rápido no circuito e registrou a centésima pole position de sua carreira.​

​O piloto da Mercedes é também quem mais vezes largou na principal fila do grid –primeira e segunda posição. Foram 162 vezes.

Hamilton, da Mercedes, durante o GP da Espanha
Hamilton, da Mercedes, durante o GP da Espanha - Javier Soriano/AFP

Na Espanha, Hamilton perdeu a liderança logo no início da prova para o holandês Max Verstappen, que a manteve até a 25ª volta, quando entrou nos boxes. A parada colocou o holandês em desvantagem até a 29ª volta, quando retomou a liderança.

Verstappen fazia uma boa corrida, mas a estratégia de parada e pneus da Mercedes funcionou melhor do que a da Red Bull, e Hamilton conseguiu diminuir a vantagem do holandês até ultrapassá-lo na volta de número 60. O britânico tirou cerca de 23 segundos em 17 voltas.

"Sinto-me ótimo e o treinamento que tenho realizado tem surtido efeito. Foi uma estratégia incrível do time. Que dia!", disse o vencedor do GP.

Segundo colocado, Verstappen não acredita que o plano das equipes tenha sido fundamental na perda da liderança. "O ritmo da Mercedes é o que fez a diferença, não a estratégia. Hoje, estávamos mais lentos”, disse em entrevista à Band.

Companheiro de equipe do heptacampeão, Valtteri Bottas completou o pódio ao terminar em terceiro.

Com a vitória, a terceira na temporada em quatro corridas disputadas, o piloto da Mercedes lidera o Mundial com 94 pontos. Verstappen está em segundo, com 80, e Bottas é o terceiro, com 47.

O trajeto espanhol de 4.675 km e 66 voltas fica na cidade catalã de Montmeló, a 30 km de Barcelona e é considerado um bom termômetro de forças das equipes: conta com uma reta longa, curvas de diferentes velocidades e um trecho final tortuoso.

Em último lugar ficou o japonês Yuki Tsunoda, 20, da AlphaTauri, que sequer concluiu a corrida. Tsunoda é a primeira representação do país asiático em sete anos na categoria.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.