Descrição de chapéu Campeonato Paulista 2021

Santos luta contra rebaixamento, e Palmeiras quer evitar eliminação no Paulista

Corinthians, que pode complicar arquirrival, e São Paulo já estão nas quartas de final

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

​O Campeonato Paulista chega à última rodada da fase de classificação com duas indefinições. Há uma vaga aberta nas quartas de final, com o Palmeiras na luta, e um indesejado posto na segunda divisão estadual, com o Santos ameaçado de rebaixamento.

Estão em situação bem mais tranquila Corinthians e São Paulo, líderes de suas chaves. Também têm presença assegurada no mata-mata o Red Bull Bragantino, o Mirassol, a Inter de Limeira, a Ferroviária e o Guarani. O grupo dos quadrifinalistas será fechado por Novorizontino ou Palmeiras.

Giovani deve ser um dos jovens escalados no Palmeiras na tentativa de buscar a classificação às quartas de final do Paulista - Cesar Greco/Palmeiras/Divulgação

Na parte de baixo da tabela, está confirmado um dos rebaixados, o São Caetano, que não venceu nenhuma vez. O outro sairá do confronto entre Santos e São Bento, que farão um duelo direto pela permanência na elite paulista –o Santo André não está matematicamente livre, mas seu saldo de gols torna a queda, na prática, inviável.

O embate está marcado para a Vila Belmiro, no domingo (9), às 16h, com transmissão do SporTV. Todas as partidas da última rodada serão neste horário. Um ponto à frente, o Santos jogará pelo empate para evitar a degola, mas será ultrapassado em caso de derrota, ficará em 15º lugar na classificação geral e terá de jogar a Série A2 em 2022.

A formação praiana vive um início de temporada bastante complicado. Para sobreviver a dois confrontos de mata-mata na fase preliminar na Copa Libertadores, adotou no Paulista escalações recheadas de garotos, que não conseguiram bons resultados.

No início da competição estadual, os principais atletas nem estavam à disposição. Descansavam após sua atuação no estendido calendário de 2020, no qual o Santos avançou até a decisão da Libertadores, perdendo para o Palmeiras.

A campanha no Paulista teve placares como uma goleada por 4 a 0 imposta pelo São Paulo. Após a derrota para o Corinthians, o técnico Ariel Holan pediu demissão. Marcelo Fernandes assumiu o comando interinamente e se vê com a inesperada missão de evitar o rebaixamento antes de passar a direção ao recém-contratado Fernando Diniz.

Até a última quinta (6), o comandante provisório alimentava a esperança de classificação às quartas de final, encerrada em mais uma derrota em clássico, desta vez para o Palmeiras. Com apenas 10 pontos em 11 rodadas, o Santos precisa chegar a 11 para respirar aliviado.

Lucas Braga é uma das armas do Santos, que precisa evitar a derrota pra o São Bento para permanecer na Série A1 do Paulista - Ivan Storti - 11.dez.20/Santos FC

“Vamos descansar bastante e jogar com toda a força”, prometeu Fernandes, procurando manter a calma. “Não é hora de achar culpado. Muito pelo contrário. É dar calma para essa molecada, ter a cabeça no lugar, analisar os detalhes e fazer um grande jogo.”

Além de complicar o Santos, a vitória por 3 a 2 do Palmeiras no meio de semana manteve a equipe alviverde viva na briga pela segunda colocação do Grupo C, liderado pelo Bragantino. Com 18 pontos, os comandados de Abel Ferreira estão um atrás do Novorizontino.

Na rodada derradeira, eles enfrentarão a Ponte Preta, em Campinas, com transmissão do Premiere. E precisarão da ajuda do rival Corinthians, que jogará contra a agremiação de Novo Horizonte, em São Paulo (Premiere).

O Palmeiras teve, ao longo da campanha, problemas semelhantes aos encarados pelo Santos. Após um tardio fim de 2020, precisou se dividir em diferentes campeonatos no início da temporada 2021, usou reservas com frequência e chegou à última rodada sem depender só de si.

Agora, tem duas possibilidades de sobrevivência. Se ganhar, torcerá por empate ou derrota do Novorizontino diante do Corinthians. Se empatar, precisará contar com uma vitória do arqui-inimigo para igualar a pontuação da formação do interior.

Nesse caso, o desempate será no saldo de gols e, se necessário, nos gols marcados. A equipe de Novo Horizonte tem hoje saldo 6, com 16 gols marcados. O saldo alviverde é de 5, com 15 gols anotados.

Dono da melhor campanha, o São Paulo fechará a primeira fase em visita ao Mirassol (Premiere). O resultado não mudará os confrontos das quartas de final, três dos quais estão confirmados: Corinthians x Inter de Limeira, São Paulo x Ferroviária e Mirassol x Guarani. O Bragantino ainda espera seu adversário.

Quartas de final

Corinthians x Inter de Limeira
São Paulo x Ferroviária
Red Bull Bragantino x Novorizontino ou Palmeiras
Mirassol x Guarani

Rebaixamento

São Caetano

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.