F1 adia GP de São Paulo e outras duas etapas da categoria

Evento em Interlagos deve ser disputado com grande público

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A F1 confirmou neste sábado (28) mudanças no calendário do Mundial deste ano. As etapas de São Paulo, Turquia e México foram adiadas.

No país europeu, a nova data é 10 de outubro, e a corrida em solo mexicano vai ser disputada em 31 do mesmo mês. Já o GP de São Paulo, no autódromo de Interlagos, passa de 7 de novembro para 14.

O GP dos Estados Unidos continua previsto para 24 de outubro.

Vista aérea da curva S do Senna no autódromo de Interlagos
Vista aérea do S do Senna no autódromo de Interlagos - Eduardo Anizelli - 5.nov.2019/ Folhapress

Segundo Stefano Domenicali, CEO da F1, a mudança se dá pelo cancelamento do GP do Japão, pelo segundo ano consecutivo, em razão da pandemia do novo coronavírus.

"A pandemia continua a apresentar desafios à temporada, mas provamos que podemos nos adaptar e estamos confiantes de que podemos entregar um recorde de 22 corridas este ano, apesar de uma pandemia global. Quero agradecer aos promotores no Brasil, México e Turquia por sua paciência e flexibilidade", disse.

O GP em São Paulo deve ser o primeiro evento esportivo com grande público na capital paulista. Antes, o jogo da seleção brasileira contra a Argentina, no próximo dia 5, na Neo Química Arena, deve receber 12 mil torcedores e servir como evento-teste.

O GP da Holanda, que volta à categoria depois de 36 anos, no circuito de Zandvoort, manteve sua data inicial e será realizado no domingo (5). As provas na Itália, em Monza, e na Rússia, em Sochi, seguem em suas datas previstas originalmente, em 12 e 26 de setembro, respectivamente.

Ainda há uma pendência em relação à realização da corrida no Qatar, prevista para 21 de novembro. A organização da F1 ainda não confirma o evento, que pode fazer parte de uma rodada tripla com México e Brasil, uma forma de resolver a logística e contornar as restrições de países europeus de viagens para lugares com problemas no enfrentamento da pandemia –caso brasileiro e mexicano.

A Covid-19 afetou, pelo segundo ano consecutivo, o calendário de corridas. Japão, Austrália e Singapura cancelaram os GPs por viverem situações de emergência de saúde, com altas nos casos de coronavírus e novas restrições de circulação.

Neste domingo (29), será realizado o GP da Bélgica, às 10h (Band transmite). Max Verstappen, da Red Bull, larga na pole, seguido por George Russell, da Williams, e Lewis Hamilton, da Mercedes.

Veja como fica o restante do calendário da temporada 2021 da F1

29.ago – GP da Bélgica – Spa-Francorchamps
5.set – GP da Holanda – Zandvoort
12.set – GP da Itália – Monza
26.set – GP da Rússia – Sochi
10.out – GP da Turquia – Istambul
24.out – GP dos EUA – Austin
07.nov – GP do México – Cidade do México
14.nov – GP de São Paulo – Interlagos / São Paulo
21.nov – GP do Qatar*
05.dez – GP da Arábia Saudita – Jeddah
12.dez – GP de Abu Dhabi – Yas Marina

*confirmação pendente

Erramos: o texto foi alterado

O evento de corrida em Interlagos se chama agora GP de São Paulo, e não mais GP Brasil, como informado em versão anterior. O texto já foi corrigido.
 

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.