Descrição de chapéu Velocidade

Verstappen vence GP nos EUA e amplia vantagem para Hamilton

Holandês perde posição para britânico na largada, mas a recupera nos boxes

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O holandês Max Verstappen, 24, levou a melhor no duelo contra o britânico Lewis Hamilton, 36, e venceu o GP de Austin, nos Estados Unidos, neste domingo (24).

Hamilton ficou em segundo lugar e viu o adversário aumentar sua vantagem para 12 pontos (287,5 contra 275,5) na liderança do Mundial de Pilotos, a cinco corridas para o fim da temporada. O mexicano Sergio Pérez, em terceiro, garantiu um bom fim de semana para a equipe Red Bull.

Vertappen (à esquerda) e Hamilton logo após a largada, quando o britânico conseguiu ultrapassar o adversário
Vertappen (à esquerda) e Hamilton logo após a largada, quando o britânico conseguiu ultrapassar o adversário - Mike Blake/Reuters

A disputa entre os dois líderes começou quente antes mesmo da corrida. Durante um dos treinos de sexta-feira, os dois entraram juntos em uma curva e ficaram lado a lado durante toda a reta principal, até que Hamilton ultrapassou o rival.

Verstappen ficou revoltado. Mostrou o dedo do meio para o adversário e, no rádio, o chamou de "estúpido" e "idiota".

No fim, o holandês levou a melhor na classificatória e conseguiu a pole position. Mas Hamilton, em segundo, largou melhor na corrida e tomou a ponta ainda na primeira curva. Verstappen chegou a espalhar, mas, diferentemente do que ocorreu em outros duelos entre os rivais nesta temporada, não houve toque.

O piloto da Mercedes se manteve na primeira posição por algumas voltas, mas a Red Bull superou sua adversária na estratégia. Verstappen parou antes nos boxes, conseguiu reduzir a vantagem nas voltas seguintes e depois retomou a liderança na reta principal do circuito, para festa das arquibancadas lotadas em Austin.

Hamilton apostou, então, na estratégia de demorar mais que o adversário para fazer sua segunda parada. Assim, chegaria ao final da corrida com pneus em melhores condições para tentar ultrapassá-lo. "Tudo se resume às últimas três voltas", disse sua equipe pelo rádio.

O britânico de fato voltou mais rápido dos boxes e conseguiu os melhores tempos da corrida. Os dois chegaram nas voltas finais com menos de 2 segundos de diferença, mas Verstappen segurou a pressão, venceu a prova e ampliou a liderança para o adversário na classificação geral da temporada.

Os próximos GPs serão no México, em 7 de novembro, São Paulo (14 de novembro), Qatar (21 de novembro), Arábia Saudita (5 de dezembro) e Abu Dhabi (12 de dezembro).

O terceiro colocado da classificação geral, Valtteri Bottas, terminou o GP de Austin apenas na sexta posição e está mais de 100 pontos atrás do líder.

CALENDÁRIO RESTANTE DA TEMPORADA 2021 DA F1

07.nov – GP do México – Cidade do México

14.nov – GP de São Paulo – Interlagos / São Paulo

21.nov – GP do Qatar

05.dez – GP da Arábia Saudita – Jeddah

12.dez – GP de Abu Dhabi – Yas Marina

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.