Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
22/12/2010 - 08h48

CBF confirma unificação dos títulos e torna Palmeiras e Santos oito vezes campeões

Publicidade

DE SÃO PAULO

A CBF bateu o martelo em seu site que aceitou o dossiê dos clubes brasileiros que pleiteavam a unificação dos títulos nacionais no período de 1959 a 1970. Segundo a entidade, o presidente Ricardo Teixeira fará a divulgação para a imprensa nesta quarta-feira, provavelmente com a presença do Rei Pelé --que se tornará hexacampeão-- e os presidentes das equipes beneficiadas no Itanhangá Golf Club, no Rio.

Veja imagens de Pelé, Rivellino e cia na Taça Brasil e no 'Robertão'

Divulgação - 10.nov.2010/CBF
O presidente do Santos Luiz Álvaro Oliveira, o vice-presidente do Botafogo Antonio Carlos Mantuano e o diretor executivo do Cruzeiro Dimas Fonseca reuniram-se nesta quarta-feira com o presidente Ricardo Teixeira na sede da CBF. No encontro, os dirigentes apresentaram ao presidente da CBF um projeto em que pleiteiam a unificação de títulos nacionais, com reconhecimento dos conquistados em competições (Taça Brasil e Taça de Prata) organizadas pela entidade entre 1959 e 1970. No projeto apresentado constam também conquistas de Palmeiras, Fluminense e Bahia
Ricardo Teixeira recebe o dossiê da unificação, no Rio

A expectativa é que o anúncio oficial aconteça por volta das 11h.

A unificação tornará o Bahia, e não mais o Atlético-MG, o primeiro campeão brasileiro e deixará Palmeiras e Santos no topo do ranking geral, empatados com oito conquistas, à frente de São Paulo e Flamengo, atualmente com seis --o clube carioca conta a Copa União de 1987, em que a CBF considera o Sport o vencedor.

Entenda o caso: Bahia, Cruzeiro, Botafogo, Fluminense, Palmeiras e Santos buscavam que fosse considerado título brasileiro as suas respectivas conquistas da Taça Brasil e do Troféu Roberto Gomes Pedrosa, torneios disputados antes da criação do chamado Campeonato Brasileiro, em 1971.

OS TÍTULOS PLEITEADOS
1959 - Bahia
1960 - Palmeiras
1961 - Santos
1962 - Santos
1963 - Santos
1964 - Santos
1965 - Santos
1966 - Cruzeiro
1967 - Palmeiras, duas vezes
1968 - Botafogo e Santos
1969 - Palmeiras
1970 - Fluminense

COMO FICARÁ

1º Palmeiras - 8
(1960, 1967, 1967*, 1969, 1972, 1973, 1993 e 1994)

1º Santos - 8
(1961, 1962, 1963, 1964, 1965, 1968*, 2002 e 2004)

3º São Paulo - 6
(1977, 1986, 1991, 2006, 2007 e 2008)

4º Flamengo ** - 5
(1980, 1982, 1983, 1992 e 2009)

5º Corinthians - 4
(1990, 1998, 1999 e 2005)

5º Vasco - 4
(1974, 1989, 1997 e 2000)

7º Fluminense - 3
(1970, 1984 e 2010)

7º Internacional - 3
(1975, 1976 e 1979)

8º Bahia - 2
(1959 e 1988)

8º Botafogo - 2
(1968* e 1995)

8º Cruzeiro - 2
(1966 e 2003)

8º Grêmio - 2
(1981 e 1996)

13º Atlético-MG - 1
(1971)

13º Atlético-PR - 1
(2001)

13º Coritiba - 1
(1985)

13º Guarani - 1
(1978)

13º Sport ** - 1
(1987)

(*) em 67 e em 68, houve tanto a Taça Brasil quanto o 'Robertão'
(**) - segundo a CBF

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página