Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
18/09/2011 - 17h58

Com dois laterais expulsos, Palmeiras empata com o Avaí

Publicidade

RAPHAEL MARCHIORI
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

Com dois laterais expulsos, o Palmeiras empatou com o Avaí por 1 a 1, fora de casa, neste domingo, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time paulista completou seu quinto jogo sem vitória na competição.

Os gols do jogo foram marcados no primeiro tempo. Batista anotou para o Avaí e Chico para o Palmeiras.

O lateral-esquerdo Rivaldo foi expulso ainda na etapa inicial da partida, após levar dois cartões amarelos. No segundo tempo, Gerley, que havia entrado no lugar de Fernandão para recompor o setor defensivo, deu um violento carrinho e também foi expulso. Aos 17min da etapa complementar, o Avaí também teve um atleta expulso. Rafael Coelho, que havia acabado de entrar, deu carrinho em Kleber e acabou excluído pelo árbitro Evandro Rogério Roman.

Com o empate, o Palmeiras chegou a 35 pontos --dez a menos do que o líder Vasco. Já o Avaí se mantém na 19ª colocação, com 22 pontos.

Na próxima rodada, o Palmeiras recebe o Ceará e o Avaí visita o Fluminense.

Arte/Folhapress

O JOGO

A partida começou truncada e o Avaí chegou ao primeiro gol, aos 5min, em uma jogada despretensiosa. No lance, Batista invadiu a área, e chutou sem força. A bola desviou na zaga palmeirense, e enganou Marcos: 1 a 0.

A partida se notabilizava mais pelas faltas e cartões do que por lances perigosos. Com 22min de jogo, o árbitro Evandro Rogério Roman já havia distribuído quatro cartões amarelos, dois para o Palmeiras e dois para o Avaí. Na sequência, Rivaldo --um dos que já haviam sido advertidos com amarelo-- fez uma alavanca para matar a jogada e recebeu o segundo cartão.

Expulso, o atleta obrigou que Felipão tirasse seu centroavante, Fernandão, e colocasse Gerley para recompor o setor.

Com um a menos e levando perigo em cobranças de falta de Marcos Assunção, o Palmeiras conseguiu chegar ao empate justamente em um lance do volante. Aos 41min, o camisa 20 cobrou na área e Chico, de costas para o gol, desviou e empatou a partida.

Com o jogo equilibrado, Gerley conseguiu complicar ainda mais a vida de Luiz Felipe Scolari. Logo no início da etapa complementar, o palmeirense deu carrinho violento e também foi expulso de campo.

Mesmo com dois a menos, o Palmeiras continuou perigoso nas cobranças de falta de Marcos Assunção.

Aos 17min, porém, Rafael Coelho tratou de diminuir a inferioridade numérica palmeirense. Ele deu um carrinho violento em Kleber e também levou o vermelho.

Com um a mais em campo, o time de Toninho Cecílio conseguiu criar duas chances de gol. Em uma delas, Henrique salvou com um carrinho, e na outra Cleberson tentou encobrir Marcos e recuou a bola para o goleiro.

Os lances de perigo do time da casa, porém, foram isolados e, em nenhum momento da partida, o Avaí conseguiu pressionar o Palmeiras.

Arte/Folhapress

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página