Publicidade
Publicidade

Murer melhora salto, mas fica fora de pódio; cubana faz melhor marca do ano

Matthew Childs Livepic /Action Images/Reuters
A cubana Yarisley Silva passa pelo sarrafo e vence a Liga Diamante na Inglaterra
A cubana Yarisley Silva passa pelo sarrafo e vence a Liga Diamante na Inglaterra

Fabiana Murer conseguiu a sua melhor marca do ano em provas outdoor, mas ficou fora do pódio da etapa de Birmingham da Liga Diamante, neste domingo, na Inglaterra. A brasileira chegou a 4,70 m e encerrou o evento na quarta colocação da prova de salto com vara.

Murer ficou a sete centímetros do pódio, já que tanto a suíça Nicole Buchler (3ª) como a grega Katerina Stefanidi (2ª) saltaram 4,77 m. A primeira colocação ficou com a cubana Yarisley Silva, que conseguiu a melhor marca do ano com 4,84 m. Antes, o recorde de 2016 era da americana Sandi Morris, com 4,83 m.

Esta foi a segunda prova em três dias disputada por Murer. Na quinta-feira, ela não registrou nenhum salto e ficou na última colocação entre dez atletas da etapa de Roma da Liga de Diamante.

Candidata a uma medalha nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, Murer tinha como melhor marca em provas outdoor os 4,63 m conquistados no mês passado, quando ficou com o ouro no Campeonato Ibero-Americano no Engenhão. Em provas indoor, Murer tem o recorde de 4,71 m no ano.

Ben Stansall/AFP
A brasileira Fabiana Murer salta na etapa de Birmingham da Liga Diamante
A brasileira Fabiana Murer salta na etapa de Birmingham da Liga Diamante
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade