Publicidade
Publicidade

Com dores nas costas, Varejão preocupa comissão técnica da seleção

O ala/pivô Anderson Varejão, do Golden State Warriors, virou motivo de preocupação para os membros da comissão técnica da seleção brasileira.

Com dores nas costas, ele não participou do primeiro teste da equipe visando a Rio-2016, contra a Romênia, neste sábado (23), em São Paulo.

O jogador assistiu à vitória do Brasil por 90 a 45, no ginásio da Hebraica, do banco de reservas.

"[A situação do Varejão] é preocupante, sim. E muito. Estamos avaliando a situação dele dia a dia. Esperamos que ele possa se recuperar rapidamente porque é um jogador muito importante para nós", disse o técnico da seleção, o argentino Rubén Magnano.

Varejão, um dos jogadores mais experientes do grupo, não treina há seis dias. Na sexta-feira (22), ele até apareceu na quadra, mas não saiu do banco de reservas.

A comissão técnica espera que o jogador esteja apto para participar dos próximos amistosos da seleção e ganhar ritmo de jogo com os demais companheiros. Caso contrário, ele corre risco de ser cortado da Olimpíada.

Magnano já teve que abrir mão de dois jogadores importantes para o garrafão: Tiago Splitter, que passou por uma cirurgia no quadril, e Cristiano Felício, que pediu para não ser convocado.

O próximo amistoso da seleção acontece na próxima segunda-feira (25), novamente contra a Romênia, no ginásio da Hebraica, em São Paulo.

Basquete: veja regras, detalhes, curiosidades

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade