Anterior | Índice | Próxima

Enterro de vítimas de assassinato reúne 3 mil no RN

Agência Folha 23/05/97 11h53
De Natal

Foram enterradas na manhã desta sexta-feira, no distrito de Santo Antonio de Potengi (RN), 11 das 14 pessoas mortas pelo comerciante Genildo Ferreira de França, 27, entre quarta e quinta-feira. Segundo a Polícia Militar, cerca de 3.000 pessoas acompanham os enterros, que foram realizados entre 8h45 e 11h. O clima no cemitério era de muita tristeza e alguns parentes das vítimas chegaram a desmaiar.

Nesta madrugada, o delegado Sérgio Leocádio, de Macaíba, prendeu um suspeito de ter ajudado França a matar todas as vítimas, que podem chegar a 20. O suspeito está detido na delegacia da cidade e não teve sua identidade revelada.

França foi morto às 12h10 de quinta, em um cerco policial. Segundo uma testemunha e uma carta deixada por França, as mortes foram praticadas como forma de desfazer boatos de que ele era homossexual. Outro motivo seria vingar a morte de seu filho, de um ano e meio, morto há dois anos ao ser atropelado por um táxi.



Anterior | Índice | Próxima