Descrição de chapéu Primeira vez

Em 1964, Beatles apareceram pela primeira vez na Folha como 'donos do sucesso'

Banda britânica realizou primeira turnê nos EUA naquele ano; John Lennon faria 80 anos nesta sexta

São Paulo

Se ainda estivesse vivo, John Winston Lennon completaria 80 anos nesta sexta-feira (9). Morto a tiros em 8 de dezembro de 1980 por Mark Chapman, um fã obcecado, Lennon viveu o suficiente para liderar a criação dos Beatles, grupo de rock que mudaria a história da música.

O término cheio de brigas e polêmicas da banda, em 1970, contrasta com a carreira de sucesso do grupo. É com esse rótulo, “donos do sucesso”, que os Beatles aparecem com destaque pela primeira vez nas páginas da Folha, conforme pesquisa realizada pela reportagem.

A publicação é de fevereiro de 1964, quando os jovens britânicos estavam a caminho de sua primeira –e histórica– turnê nos Estados Unidos.

Para homenagear Lennon, que morreu com apenas 40 anos, a Folha relembra a trajetória dos Fab Four e esse primeiro –de muitos– textos sobre o grupo. Apenas em 1964, seriam mais 99 menções ao quarteto de Liverpool.

O texto integra a seção “Primeira Vez”, que traz a estreia de personagens e temas nas páginas da Folha. Faz parte do Folha, 100, projeto responsável pelo centenário do jornal, a ser comemorado em 19 de fevereiro de 1921.

Paul McCartney, George Harrison, John Lennon e Ringo Starr em foto dos Beatles de 1962, em Liverpool. - Reprodução

*

A amizade adolescente de John Lennon e Paul McCartney e o interesse musical em comum de ambos resultariam num convite de John a Paul para integrar a banda Quarrymen, que ele havia fundado em 1957 com outros amigos.

Em 1958, a pedido de Paul, os Quarrymen ganham um novo integrante, George Harrison, que tinha apenas 15 anos, contra 16 de Paul e 18 de Lennon. Os Quarrymen ainda mudariam de nome para Johnny and the Moondogs e também The Silver Beetles.

Em agosto de 1960, depois de pequenos shows em Liverpool, inclusive no Casbah Club, de Mona Best, mãe de Pete Best, que se tornaria baterista dos Silver Beetles, os jovens partem rumo a sua primeira excursão, em Hamburgo, na Alemanha, para uma série de apresentações.

Na mesma época da viagem, John Lennon e Stuart Sutcliffe, o baixista original da banda, criam um novo nome para o grupo –The Beatles.

​Em março de 1961, tocam no Cavern Club, famosa casa de shows inaugurada em 1957 na rua Matthew, em Liverpool. Eles já eram a principal atração da cidade portuária e começavam a ficar conhecidos pela Inglaterra.

Em 1962, a banda teria a formação que ganhou o mundo, com John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr, que entra no lugar de Pete Best por sugestão de Harrison. Em outubro, eles lançam o primeiro single, "Love me Do", pela Parlophone.

Entre mais idas ao Cavern Club, novas excursões para Hamburgo, mais singles ("Please Please Me", "She Loves You") e os primeiros LPs, o sucesso da banda começa a ficar estrondosamente grande. Em 1963, eles se mudam para Londres.

O termo “Beatlemania” surge no final de 1963 para descrever o frenesi que os Beatles provocavam por onde passavam –especialmente entre as garotas.

É nesse contexto que The Beatles ganham destaque pela primeira vez nas páginas da Folha. Com o título “‘The Beatles’ invadem os Estados Unidos”, uma nota na seção “discos” da Ilustrada foi publicada em 4 de fevereiro de 1964.

Nos trechos abaixo, está reproduzida a grafia original.

“Nos últimos meses de 1963, surgiu na Inglaterra um grupo instrumental que, em poucas semanas e com apenas alguns discos simples, se transformou na coqueluche da juventude britânica. 'The Beatles', um conjunto formado por Paul McCartney, John Lennnon, George Harrison e Ringo Starr, superou todos os competidores na corrida para o sucesso, passando a ocupar o primeiro lugar na lista dos discos mais vendidos, com sua gravação de 'I Want to Hold Your Hand'."

O primeiro parágrafo, no entanto, tem uma informação incorreta: a banda surgiu bem antes de 1963.

Continua o texto:

“Esta semana 'The Beatles' iniciam uma temporada de dez dias nos Estados Unidos e, quando lá chegarem, o farão como 'donos do sucesso' porquanto em apenas uma semana foram vendidas, naquele país, 750 mil cópias de 'I Want to Hold Your Hand'. A estreia do grupo britânico está sendo aguardada sob enorme expectativa pelos nova-yorkinos. A 'tournée' de 'The Beatles' culminará com um espetáculo no famoso Carnegie Hall, segundo informou o empresário do conjunto, Brian Epstein. Prova inconteste da popularidade dos 'Beatles' nos Estados Unidos: em uma semana, seu disco 'I Want to Hold Your Hand' passou do 43º para o primeiro lugar na relação dos sucessos elaborada pela revista 'Cash Box'. Com isso, eles desbancaram da liderança a canção 'Dominique', da Irmã Sorriso."

Reprodução Folha Beatles 1964
Reprodução de seção da Folha de 4 de fevereiro de 1964 - Reprodução

A chegada dos Beatles em solo americano já havia ocorrido na véspera, em 3 de fevereiro. Eles foram recebidos por 3.000 fãs no aeroporto J. F. Kennedy, em Nova York. Uma multidão já esperava por eles no hotel.

Há muitos cálculos feitos sobre a passagem dos Beatles pelos Estados Unidos. Um deles projeta que uma música da banda era ouvida a cada quatro minutos nas rádios americanas. Outro mito que circula é que a participação ao vivo no "Ed Sullivan Show", famoso programa da televisão americana, teria reduzido a criminalidade nos Estados Unidos em 15% durante aqueles minutos.

O quarteto tocaria também em Washington e Miami e faria uma clássica sessão de fotos com Cassius Clay, o lendário boxeador Muhammad Ali que ainda não havia mudado seu nome.

Turnê realizada com sucesso. Era só o início da trajetória de uma das bandas mais importantes da história do rock.

Este ano de 2020 marca ainda outras duas efemérides além dos 40 anos da morte de John Lennon e dos 80 de seu nascimento: os 60 anos do início do grupo, em 1960, e os 50 anos do fim, em 1970. Uma banda de números e músicas redondas.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.