Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
27/12/2007 - 00h19

Parlamento sérvio vota contra independência do Kosovo

da Folha Online

O Parlamento da Sérvia aprovou nesta quarta-feira, com ampla maioria, um voto de condenação a qualquer tentativa da província do Kosovo de declarar independência.

Durante o debate, o presidente sérvio, Boris Tadic, disse que o país nunca reconheceria a independência do Kosovo.

O premiê sérvio, Vojislav Kostunica, disse que os sérvios que vivem no Kosovo deveriam ignorar qualquer tentativa de independência da província.

As autoridades do Kosovo --província composta na maioria por albaneses étnicos-- estão anunciando que vão declarar independência nas próximas semanas. Elas argumentam que anos de negociações internacionais não levaram a avanços na questão.

Diversos países ocidentais --entre eles, os Estados Unidos-- sugeriram que pretendem reconhecer uma declaração de independência do Kosovo.

No entanto, a resolução aprovada nesta quarta-feira promete uma retaliação sérvia a qualquer país que reconhecer a declaração. A Sérvia tem o apoio da Rússia.

O Kosovo tem sido administrado pelas Nações Unidas e pela aliança militar Otan desde a guerra de 1999 entre sérvios e étnicos albaneses separatistas.

Segundo o correspondente da BBC em Belgrado Nick Hawton, a decisão do Parlamento sérvio faz com que a questão do Kosovo entre em uma nova fase de incertezas nos Bálcãs.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página