Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
12/01/2006 - 10h07

China e Índia ameaçam ambiente, diz organização

da BBC Brasil

O forte crescimento econômico na China e na Índia é potencialmente uma das ameaças mais sérias ao ambiente no mundo, de acordo com o Worldwatch Institute, uma organização sediada nos Estados Unidos.

O planeta não terá suprimentos de energia, água e terras aráveis suficientes para atender à demanda global se o consumo de recursos nos dois países chegar aos níveis dos países ocidentais, segundo o instituto.

Em seu relatório anual, o Worldwatch Institute afirma que as escolhas feitas por China e Índia nos próximos anos vai determinar se o mundo caminha para um futuro de crescente instabilidade política e ecológica ou desenvolvimento sustentável baseado em tecnologias eficientes e melhor gerenciamento de recursos.

O instituto recomenda que os Estados Unidos, que continuam sendo o maior consumidor de recursos do planeta, cooperem com a China e a Índia para ajudar a desenvolver práticas e tecnologias menos danosas ao meio ambiente.

"Nós ficamos encorajados ao descobrir que um número cada vez maior de formadores de opinião na China e na Índia agora reconhecem que um modelo de exploração intensiva de recursos para fomentar crescimento econômico não pode funcionar no século 21", disse o presidente do instituto, Christopher Flavin.

A China já tem um sistema de aquecimento a energia solar que fornece água quente a 35 milhões de residências, enquanto a Índia criou um sistema de obtenção de água a partir da chuva, afirma o relatório.

Leia mais
  • Poluição atinge mais quem pega táxi, diz estudo
  • Governos defendem investimento privado no ambiente

    Especial
  • Leia mais no especial sobre ambiente
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página