Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
19/08/2001 - 22h16

Pauderney pode ser investigado pelo caso da fita

Publicidade

da Folha de S.Paulo

O corregedor da Câmara, o deputado Barbosa Neto (PMDB-GO), disse que vai pedir ao Senado documentos sobre suposta participação do deputado Pauderney Avelino (PFL-AM) em gravação montada para envolver o senador Jader Barbalho (PMDB-PA) e o deputado estadual estadual Mário Frota (PDT-AM) em uma cobrança de propina fictícia.

O autor da gravação, Nivaldo Marinho, ex-assessor de Frota, disse em depoimento à Polícia Federal, em Manaus, que Pauderney ajudou na montagem. O deputado nega a participação na fraude.

Na sexta-feira (17), um laudo técnico, feito pelo perito em fonética Ricardo Molina, atestou que a voz da gravação não era de Frota, como Marinho havia afirmado anteriormente e que havia "fortes indícios" de que a voz era mesmo do ex-assessor.

Laudo confirma que voz em fita contra Jader é falsa
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página