Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
18/07/2007 - 12h08

Liderança do PSDB lamenta morte de Redecker e exige apuração do acidente

Publicidade

da Folha Online

O líder do PSDB na Câmara, Antonio Carlos Pannunzio (SP), divulgou nota hoje lamentando a morte do deputado Julio Redecker (PSDB-RS), um dos passageiros do avião da TAM que caiu ontem à noite na zona sul de São Paulo.

Em nota, Pannunzio pede a apuração das causas do acidente do vôo 3054 da TAM, que transportava 186 pessoas. "A nação exige, agora,a apuração das causas do acidente e a tomada de providências efetivas que ponham fim a essas tragédias."

O tucano afirmou ainda que a morte de tantas pessoas por conta do acidente "enluta" o país inteiro. "A morte de tanta gente que, como Julio, com certeza, ainda tinha enorme colaboração a dar ao país enluta o Brasil inteiro e dói em cada brasileiro como se cada um de nós perdesse um parente."

Pannunzio elogiou a atuação de Redecker na Câmara. "A perda de um amigo, o deputado Júlio Redecker, que exercia com brilhantismo a liderança da minoria na Câmara dos Deputados, nos atinge diretamente."

O deputado

Redecker, 51, liderava a minoria da oposição na Câmara e estava no seu quarto mandato como deputado. Foi eleito em 2006 com 157 mil votos. Pai de três filhos, exercia as profissões de advogado, professor universitário e empresário. O deputado pretendia disputar a prefeitura de Porto Alegre em 2008.

A assessoria de Chinaglia informou que o presidente da Câmara já conversou com a mulher de Redecker. Ele determinou ainda que a Câmara preste toda a assistência necessária à família do deputado vítima do acidente da TAM.

Com Folha de S.Paulo

Acompanhe as notícias em seu celular: digite wap.folha.com.br

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página