Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
27/11/2007 - 19h33

Múcio diz que sociedade faz pré-julgamento de políticos

Publicidade

LORENNA RODRIGUES
da Folha Online, em Brasília

O ministro das Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, reclamou nesta terça-feira do pré-julgamento que a sociedade faz dos políticos e cobrou da imprensa que separe os bons dos maus políticos.

As declarações de Múcio foram dadas um dia depois de ele e o próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva elogiarem o ex-ministro das Relações Institucionais Walfrido dos Mares Guias, que deixou o cargo após ser denunciado pela Procuradoria-Geral da República por envolvimento com o "mensalão tucano".

"Pergunte aos meus filhos se eles querem que eu seja político, todo dia um risco, uma denúncia, nós somos condenados antes do julgamento. A imprensa precisa valorizar o bom político e dizer quem é mau político, assim como o bom professor, o mau professor, o bom dirigente sindical e aquele que aproveita as massas para si', declarou o ministro, durante a reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social.

Múcio falou ainda da popularidade do presidente que, segundo ele, decorre da identificação das classes mais baixas com a figura de Lula. Múcio defendeu também uma discussão ampla da reforma política para que se valorize a classe política e acabe com o coronelismo.

"Quanto mais pobre a região, mais importância se dá à eleição. Há pedaços desse Brasil em que a economia é mais forte do que a política, mas há pedaços em que a política é mais forte do que a economia", afirmou.

Acompanhe as notícias em seu celular: digite wap.folha.com.br

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página