Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
13/07/2009 - 20h24

Governistas se reúnem para tentam impedir trabalhos da CPI da Petrobras

Publicidade

MÁRCIO FALCÃO
da Folha Online, em Brasília

Algumas lideranças governistas se reuniram na noite desta segunda-feira para avaliar qual é a melhor estratégia para impedir os trabalhos da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Petrobras, que deve começar amanhã.

Os senadores Renan Calheiros (PMDB-AL), Romero Jucá (PMDB-RR) e Ideli Salvati (PT-SC), estão reunidos na casa do petebista Gim Argelo (DF) decidindo o que fazer.

Segundo interlocutores, uma dessas alternativas seria que o atual presidente interino da CPI, Paulo Duque (PMDB-RJ), abra os trabalhos amanhã, receba os requerimentos, mas não coloque em votação a escolha do presidente da Comissão. Uma das justificativas pode ser o número insuficiente de parlamentares para a votação.

A intenção dos governistas é ganhar tempo para abrir o diálogo com a oposição para abortar a CPI. Eles pretendem levar para a mesa de negociações argumentos de empresários afirmando que a CPI pode mesmo prejudicar a estatal.

O mais cotado para assumir a relatoria da CPI é Jucá, enquanto a presidência deve ficar com o senador João Pedro (PT-AM).

Os partidos governistas tem oito das 11 vagas de titular, enquanto a oposição ficou com apenas três cadeiras. Seguindo orientação do governo, os líderes alinhados com o Planalto não abriram mão dos cargos de comando, que foram entregues ao PT e ao PMDB.

Comentários dos leitores
Carlos Franco Franco (682) 18/12/2009 10h06
Carlos Franco Franco (682) 18/12/2009 10h06
Todo fazem de tudo para blindar este governo, eu quero é novidade, um relator deste Romero Juca, era o que se esperava, não houve surpresa algunha. sem opinião
avalie fechar
Antonio Fouto Dias (2900) 17/12/2009 16h31
Antonio Fouto Dias (2900) 17/12/2009 16h31
Mais uma vez o PT e suas conivências com falcatruas e impunidade para falcatrueiros, onde a oposição agiu corretamente ao deixar a comissão e nem analisar esse relatório tendencioso que isenta responsáveis que possam ter cometido irregularidades na Petrobrás, de qualquer punição, é lamentável e ainda existem muitos que concorda com atitudes como essa. sem opinião
avalie fechar
Sebastiao Paula da Silva (19) 17/12/2009 15h05
Sebastiao Paula da Silva (19) 17/12/2009 15h05
Mais uma que termina em pizza,também budera, olha só a turma Ideli,Delcidio Amaral,Paulo Duque Fernando Color e o pior quem foi o relator, o Jucá o maior demagogo de tds politicos , todos comem na mão do Governo,olha só que belos politicos temos, nomeia funcionários fantasma ,atos secretos ,são realmente tranquilo,cumpri com seus deveres conforme O Sr. Jose Sarney disse cumprmos com o nosso dever, a casa encerrou o ano com todas as materias aprovadas e discutidas com o Governo, os projetos que realmente nos interessa nuca são discutido,cade as reformas(Politica,Previdênciaria,Saúde,Segurança,EducaçãoAdministrativa, Trabalhista) são reformas que são prometida em toda campanha.Vamos ver se nesta eleição do ano que vem possamos analizar melhor quem trabalhou para o povo e o Pais. sem opinião
avalie fechar
Comente esta reportagem Veja todos os comentários (2032)
Termos e condições
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página