Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
03/10/2004 - 23h49

Macapá finaliza contagem com reeleição de prefeito do PT

Publicidade

da Folha Online

O prefeito de Macapá (AP) João Henrique Pimentel (PT), 45, conseguiu a reeleição. Com 100% das urnas apuradas, ele terminou com 41,5% dos votos válidos (65.425).

Em segundo lugar, ficou a deputada federal cassada Janete Capiberibe (PSB) com 29,01% (45.732 votos). Durante a campanha, ela chegou a liderar a disputa com folga. Casada com o senador João Capiberibe, duas vezes governador do Estado, Janete teve o mandato cassado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob a acusação de compra de votos nas eleições de 2002.

Já o pedetista Sebastião Bala ficou com 25,3% (39.886 votos). Ele teve o apoio do governador do Amapá, Waldez Góes (PDT). Frota (PSTU) teve 6.615 votos (4,2%).

Foram apurados 165.036 votos, sendo 95,53% válidos (157.658), 0,7% brancos (1.149) e 3,77% nulos (6.229). As abstenções totalizaram 28.439 votos (14,7%).

Em Macapá, não haverá segundo turno, pois a capital não possui o número mínimo de eleitores exigido.

Engenheiro civil, o prefeito João Henrique havia sido eleito pelo PSB, partido que agora tem como principal rival. Em 2003, porém, se filiou ao PT e rompeu politicamente com a família Capiberibe.

Pela Lei Eleitoral, para um município ter segundo turno é necessário contar com mais de 200 mil eleitores aptos para votar. Macapá tem 193,475 mil.

Especial
  • Veja as últimas pesquisas no site Datafolha
  • Leia mais notícias no especial Eleições 2004
  • Acompanhe em tempo real a apuração em Macapá

  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página