Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
08/06/2005 - 15h02

Delúbio continua no cargo e avisa que vai tornar público seu patrimônio

Publicidade

da Folha Online

O tesoureiro do PT, Delúbio Soares, não colocou o cargo à disposição e anunciou que tornará pública sua declaração de patrimônio e vai autorizar a quebra de sigilo fiscal e bancário.

A informação é do secretário executivo de Relações Internacionais do PT, Paulo Ferreira, que participa da reunião da Executiva Nacional do partido, em São Paulo.

Ontem, o presidente do PT, José Genoino, descartou a possibilidade de Delúbio ser afastado. "É uma denúncia falsa, mentirosa. Nós confiamos nos dirigentes do partido", declarou Genoino, na ocasião.

Na segunda-feira, a Folha publicou entrevista com o presidente do PTB, Roberto Jefferson (RJ), que afirmou que Delúbio distribuía mesada de R$ 30 mil a congressistas em troca de apoio político.

A reunião prossegue, na sede do partido, na capital paulista. Os jornalistas aguardam a entrevista coletiva que Delúbio Soares marcou para o fim da reunião. Será a primeira manifestação pública do tesoureiro do PT depois das denúncias.

Com Agência Brasil

Leia mais
  • PT reage com defesa de Delúbio e promessa de investigação
  • Planalto admite "sinal amarelo" para reeleição
  • Delúbio tinha aval de Lula, diz Heloísa
  • Lula não é Collor e merece nosso respeito, diz Aécio

    Especial
  • Leia a cobertura completa sobre o caso da mesada no Congresso
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página