Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
05/10/2005 - 15h59

Em nota, Marcos Valério diz que repassou R$ 1 mi para Anderson Adauto

Publicidade

da Folha Online

O empresário Marcos Valério Fernandes de Souza divulgou nesta quarta-feira nota reafirmando que ex-ministro dos Transportes Anderson Adauto e Edson Pereira de Almeida receberam R$ 1 milhão em repasses entre junho de 2003 e janeiro de 2004.

Hoje, em depoimento à CPI do Mensalão, José Luiz Alves, assessor de Adauto afirmou que recebeu R$ 200 mil de Valério. O dinheiro, informou, foi recebido em cédulas e ele assinou recibo.

Leia a íntegra da nota:

"Contrariando as declarações de José Luiz Alves, feitas hoje,
à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito da Compra de Votos, o empresário Marcos Valério Fernandes de Souza reafirma que o ex-chefe de gabinete do ex-ministro dos Transportes Anderson Adauto e Edson Pereira de Almeida, irmão do ex-ministro, receberam o total de 1 milhão de reais em repasses, no período de junho de 2003 a janeiro de 2004.

As datas e os valores dos 16 saques feitos por José Luiz Alves e Edson Almeida estão registrados na lista dos beneficiários dos recursos dos empréstimos feitos por Marcos Valério ao Partido dos Trabalhadores, a pedido do ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares.

A lista já foi apresentada às CPMIs dos Correios e da Compra de Votos, à Procuradoria Geral da República e à Polícia Federal."

Leia mais
  • Assessor diz que fez saques no Rural a pedido de Anderson Adauto

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre a CPI do Mensalão
  • Leia a cobertura completa sobre a crise em Brasília
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página