Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
01/12/2005 - 00h59

Para petista, Câmara errou; oposição diz que resultado condena corrupção

Publicidade

FELIPE RECONDO
da Folha Online, em Brasília

Os poucos representantes da oposição e do governo que acompanharam a apuração dos votos no plenário tiveram opiniões divergentes sobre a cassação do mandato de José Dirceu.

Por 293 votos a 192, o plenário da Câmara cassou na madrugada desta quinta o mandato de Dirceu, acusado de envolvimento no esquema do "mensalão".

Para o deputado José Eduardo Cardozo (PT-SP), a Câmara errou ao aprovar o parecer de Julio Delgado (PSB-MG), que pedia a cassação de Dirceu. "Acredito que houve uma reação emocional por conta de um desencanto da sociedade. Eu acho que não existiam provas para a cassação. O que houve hoje foi uma cassação política para dar uma resposta para a sociedade", afirmou.

Já líder da oposição, José Carlos Aleluia (PFL-BA), José Carlos Aleluia, afirmou que o resultado é uma resposta contra o suposto esquema de corrupção montado no governo Lula. "É o reconhecimento da maioria da Casa de que o governo Lula montou um esquema de corrupção. O José Dirceu era uma vítima do esquema montado pelo presidente Lula. Hoje, foi julgado o governo Lula."

A tese do peefelista não é compartilhada pelo líder do PSDB na Câmara, Alberto Goldman (SP). O deputado disse que a votação de hoje condena o esquema de corrupção investigado pelas CPIs. "'É uma condenação desse processo que existiu no país nesses últimos anos. Espero que seja o início de uma limpeza", disse.

O líder do PSB na Câmara, Renato Casagrande (PSB-ES), avaliou que prevaleceu o instinto de preservação da Câmara. "A história política do deputado José Dirceu é menor que o instinto de preservação neste momento."

Para o vice-presidente da Casa, José Thomaz Nono (PFL-AL), o resultado foi previsível. "A Câmara entendeu que o deputado José Dirceu participou do esquema de corrupção, que é a marca do governo Lula. É bom lembrar que o maior agente da cassação de José Dirceu foi o presidente, quando disse há um mês que ele estava cassado. O presidente trata de forma muito especial seus aliados", ironizou.

Segundo o blog do Josias, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva telefonou para Dirceu na tarde desta quarta-feira e disse que torcia por sua absolvição. Ainda segundo o blog, Dirceu deverá viajar no final de semana para o Rio de Janeiro.

Leia mais
  • Câmara aprova cassação do mandato de José Dirceu
  • Prestígio de Dirceu diminuiu com o caso Waldomiro

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre José Dirceu
  • Leia a cobertura completa sobre a crise em Brasília
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página