Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
06/06/2006 - 18h29

Simon mantém candidatura à Presidência e diz que aguarda Justiça

Publicidade

da Folha Online

O senador Pedro Simon (PMDB-RS) manteve sua candidatura à Presidência, contrariando as expectativas de que renunciaria, no momento em que a bandeira da candidatura própria de seu partido perde força mesmo entre seus principais defensores.

Uma manobra dos chamados "governistas" do partido conseguiu remarcar a data da convenção nacional para o dia 29, o que praticamente inviabiliza o lançamento de candidatura própria da legenda para as eleições de outubro. Os defensores da candidatura própria têm pelo menos duas ações na Justiça em Brasília em uma tentativa de reverter a convenção para sua data original, prevista para o próximo dia 11.

Em Porto Alegre, o senador afirmou que aguardava "otimista" o resultado das ações na Justiça e que somente abriria mão de sua candidatura em nome de outro peemedebista, como por exemplo, o ex-presidente Itamar Franco. Ele participou hoje de tarde de autógrafos no lançamento de dois livros de sua autoria, na Assembléia Legislativa.

Franco, que chegou a ser pré-candidato, e o ex-governador Anthony Garotinho, desistiram de disputar a indicação do partido para concorrer à Presidência da República em favor de Simon. O nome do senador gaúcho, no entanto, não foi suficiente para reunir as diversas facções do PMDB. Nas últimas pesquisas eleitorais, Simon teve de 1% a 2% de intenção de voto.

Hoje, a legenda é um partido dividido em pelo menos três grupos: os defensores da candidatura própria, tese que perdeu força nas últimas semanas; e os favoráveis a uma aliança com o PT ou o PSDB.

Leia mais
  • PT vai ceder nos Estados para apoiar outros partidos, diz Tarso
  • PMDB costura candidatura de Quércia de olho em aliança com Serra no 2º turno
  • Em ano eleitoral, governo vai incluir 1,9 milhão de famílias no Bolsa-Família

    Especial
  • Enquete: o PMDB deve lançar candidato próprio à Presidência?
  • Leia o que já foi publicado sobre eleições de 2006
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página