Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
04/07/2006 - 10h39

Procuradoria pede investigação contra prefeituras por fraudes com ambulâncias

Publicidade

da Folha Online

A Procuradoria Regional da República da 1ª Região pediu à Polícia Federal a inclusão das prefeituras dos municípios alvos da Operação Sanguessuga, que desbaratou uma quadrilha envolvida na compra superfaturada de ambulâncias para prefeituras com a utilização de emendas parlamentares ao Orçamento da União.

O órgão pediu a abertura de inquéritos para investigar prefeituras de 29 municípios de Mato Grosso, Bahia, Minas Gerais, Amapá e Rondônia, com o objetivo de averiguar fraudes com o uso de verbas federais.

Já houve uma reunião entre procuradores e Polícia Federal, onde foram discutidas as possíveis diligências para o caso. A PF terá 30 dias para concluir os trabalhos e encaminhar o inquérito para a Procuradoria Regional da República, que deve oferecer a denúncia para o Tribunal Regional da 1ª Região.

Nos Estados citados acima, as procuradorias regionais também já receberam processos administrativos de ex-prefeitos nos municípios que foram alvo dos esquemas dos "sanguessugas", como foram apelidados os envolvidos na chamada "máfia das ambulâncias".

A CPI dos Sanguessugas, abertura para investigar o possível envolvimento de políticos no esquema, começa nesta semana a ouvir seus primeiros depoimentos.

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre a Operação Sanguessuga
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página