Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
01/08/2006 - 21h42

PSDB vai abrir processo de expulsão contra parlamentar

Publicidade

FELIPE RECONDO
da Folha Online, em Brasília

O PSDB decidiu hoje abrir processo para expulsar o deputado Paulo Feijó (RJ) do partido. O parlamentar aparece na lista de supostos beneficiados pelo pagamento de propina por parte da Planam --empresa acusada de liderar o esquema de compra superfaturada de ambulâncias.

O relator do processo contra Feijó será o deputado Gustavo Fruet (PSDB-PR).

Em relação aos demais parlamentares tucanos citados por Luiz Antonio Trevisan Vedoin, sócio da Planam, o PSDB decidiu pedir mais informações. Também foram envolvidos como supostos participantes do esquema os tucanos: Helenildo Ribeiro (PSDB-AL) e Itamar Serpa (RJ).

O PSDB decidiu também inocentar Eduardo Gomes (TO)m que foi citado na lista de suspeitos de envolvimento com os sanguessugas.

Leia mais
  • Veja lista dos 57 parlamentares investigados pela CPI dos Sanguessugas
  • Veja nova lista de 33 parlamentares suspeitos de integrar a máfia

    Especial
  • Leia a cobertura completa sobre a máfia das ambulâncias
  • Leia a cobertura completa sobre a crise em Brasília
  • Enquete: os partidos devem expulsar os parlamentares citados na lista da CPI dos Sanguessugas?
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página