Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
08/08/2006 - 15h35

Empresário pode perder delação premiada; juiz tira sigilo de depoimentos

Publicidade

ANDREZA MATAIS
da Folha Online, em Brasília

O empresário Luiz Antônio Trevisan Vedoin tem até as 17h desta terça-feira para esclarecer divergências nos depoimentos prestados por ele à Justiça de Cuiabá e à CPI dos Sanguessugas. Se não conseguir se explicar, ele deverá perder o benefício da delação premiada, que prevê redução de pena para quem contribuir com a Justiça.

Segundo o presidente da CPI dos Sanguessugas, deputado Antonio Carlos Biscaia (PT-RJ), a comissão identificou 13 pontos de divergências entre os depoimentos. A Folha Online apurou que Vedoin teria inocentado oito parlamentares quando falou à CPI, a maioria deles de Mato Grosso.

Esses nomes foram citados pelo próprio empresário à Justiça de Mato Grosso como integrantes da quadrilha. Há suspeitas de que Vedoin poderia ter recebido dinheiro para livrá-los das denúncias. Ele esteve reunido com membros da CPI dos Sanguessugas hoje pela manhã, mas retornará ao Senado à tarde para esclarecer as divergências.

Sigilo

O juiz Jeferson Schneider, da 2ª Vara Federal, decidiu hoje retirar o sigilo de todos os documentos referentes à investigação da máfia dos sanguessugas produzidos pela Polícia Federal. Entre eles, estão os de Luiz Antônio e de Darci Vedoin, dono da Planam.

Segundo Biscaia, o juiz decidiu liberar os documentos porque vários órgãos da imprensa já divulgaram o material. O deputado disse que está certo de que o vazamento ocorreu por Cuiabá e não por Brasília. O sigilo agora só está mantido sobre o material do STF (Supremo Tribunal Federal).

Especial
  • Leia a cobertura completa sobre a máfia das ambulâncias
  • Leia a cobertura completa sobre a crise em Brasília
  • Enquete: os partidos devem expulsar os parlamentares citados na lista da CPI dos Sanguessugas?
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página