Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
22/08/2006 - 20h16

CPI divulga amanhã nomes de 27 sanguessugas investigados pelo STF

Publicidade

GABRIELA GUERREIRO
da Folha Online, em Brasília

O presidente da CPI dos Sanguessugas, deputado Antonio Carlos Biscaia (PT-RJ) prometeu revelar amanhã os nomes dos 27 novos parlamentares que serão investigados pelo STF (Supremo Tribunal Federal). Segundo Biscaia, o sigilo de Justiça inclui apenas a revelação de provas contra os parlamentares, mas não impede a divulgação de nomes.

Membros da CPI dos Sanguessugas foram hoje ao STF (Supremo Tribunal Federal) solicitar ao ministro Gilmar Mendes o envio dos 27 nomes de parlamentares que serão investigados pelo tribunal. Gilmar Mendes decidiu nesta segunda-feira abrir inquérito contra 27 deputados suspeitos de participação na máfia das ambulâncias.

Os inquéritos foram solicitados pelo procurador-geral da República, Antonio Fernando Souza, que analisou o relatório parcial aprovado pela CPI.

"Entreguei ofício ao ministro Gilmar Mendes e também ao procurador Antonio Fernando solicitando os nomes dos parlamentares. Eles concordaram em enviar ofício à CPI com os nomes para que possamos confrontar com os dados que temos", disse Biscaia.

No total, 84 parlamentares estão sob investigação do STF. A CPI já revelou o nome de 57 deputados e senadores que estão sendo investigados pelo STF desde o início dos trabalhos da comissão.

O presidente da CPI evitou arriscar se novos parlamentares estão entre os indiciados pelo STF. "É muito cedo para fazer qualquer previsão. Só quando eu receber o ofício poderei responder."

Biscaia afirmou, no entanto, que "a qualquer momento" as investigações sobre parlamentares podem ser retomadas se surgirem indícios de novos envolvidos na máfia.

A CPI dos Sanguessugas apontou o envolvimento de 72 parlamentares nas fraudes para a compra superfaturada de ambulâncias --doze deputados e senadores a menos que o total indiciado pelo STF. Todos os parlamentares indiciados exercem mandato, uma vez que possuem foro privilegiado para serem julgados pelo STF.

Leia mais
  • CPI dos Sanguessugas denuncia 72 parlamentares; veja lista
  • CPI dos Sanguessugas absolve 18 parlamentares

    Especial
  • Leia a cobertura completa sobre a máfia das ambulâncias
  • Enquete: você é a favor do fim do voto secreto na votação de cassação de mandatos parlamentares?
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página