Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
29/08/2006 - 19h50

TRE autoriza candidaturas de mensaleiros e de deputada "dançarina"

Publicidade

da Folha Online

O TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo) deferiu nesta tarde os registros de candidaturas de Valdemar Costa Neto (PL) e João Paulo Cunha (PT), candidatos a deputado federal acusados de envolvimento no mensalão.

Também foram autorizadas as candidaturas de Ângela Moraes Guadagnin (PT), conhecida pela "dança da pizza", no Congresso, e Salvador Zimbaldi Filho (PSB) --ambos a deputado federal.

Entre os candidatos a deputado estadual, Roberval Conte Lopes Lima (PTB) e Percival Menon Maricato (PSB) também tiveram registros deferidos.

Presidente Nacional do PL, Valdemar Costa Neto renunciou ao mandato no ano passado e teve o pedido negado pela falta de certidão relativa a um inquérito.

O petista João Paulo Cunha, acusado de ter recebido R$ 50 mil do esquema operado por Marcos Valério, foi absolvido de processo de cassação na Câmara.

Para negar seu registro, o tribunal havia considerado que ele não apresentou todos os documentos necessários para provar que quitou multas eleitorais.

A sessão no TRE-SP, que começou às 16h e ainda está em andamento, acolheu os embargos dos candidatos, deferindo os pedidos de registro anteriormente negados. Isso porque os candidatos regularizaram a documentação necessária.

Leia mais
  • PFL libera candidatura de quatro dos cinco parlamentares sanguessugas
  • TSE nega liminar para deputado "sanguessuga"

    Especial
  • Leia a cobertura completa sobre a máfia das ambulâncias
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página