Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
04/09/2006 - 20h05

Conselho de Ética ouve dez testemunhas sobre máfia dos sanguessugas nesta semana

Publicidade

da Folha Online

O Conselho de Ética do Senado ouvirá esta semana dez testemunhas sobre esquema de compra de ambulâncias superfaturadas. Os depoimentos fazem parte da investigação contra os senadores Magno Malta (PL-ES), Ney Suassuna (PMDB-PB) e Serys Slhessarenko (PT-MT).

Segundo o presidente do Conselho de Ética, senador João Alberto de Souza (PMDB-MA), os relatores já possuem indícios e provas contra os senadores investigados, faltando somente detalhar os processos.

O prazo para a conclusão dos trabalhos dependerá necessidade de acareação entre testemunhas ou de pedidos de quebra de sigilo bancário, fiscal e telefônico --já que os relatores dependem do envio de documentos dessas empresas.

Como o pedido de quebra de sigilos deve ser votado pelo plenário, os processos podem se atrasar ainda mais.

Com Agência Senado

Especial
  • Leia a cobertura completa sobre a máfia das ambulâncias
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página