Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
05/09/2006 - 10h35

Chomsky, Loach e outros intelectuais apóiam Heloísa Helena

Publicidade

CRISTINA TARDÁGUILA
da Folha de S.Paulo, no Rio

Mais de 250 intelectuais de todo o mundo, entre eles o lingüista e ativista americano Noam Chomsky, o sociólogo francês Michael Lowy, o cineasta britânico Ken Loach e o filósofo esloveno Slavoj Zizek, assinaram um manifesto que critica o governo Lula por ter seguido "um típico curso social-liberal, desapontando milhões de pessoas que votaram nele com a esperança de mudança social e política radical e pessoas do mundo inteiro que esperavam do Brasil novo impulso à luta antiimperialista".

No texto, o grupo informa que apóia a candidatura de Heloísa Helena, do PSOL, à Presidência por ela ser "a candidata que levanta as bandeiras históricas do movimento operário brasileiro, dos camponeses, dos pobres e dos oprimidos".

Entre essas bandeiras, citam: a reforma agrária radical, a suspensão do pagamento da dívida externa e a rejeição da Alca. A nota foi divulgada pela campanha de Heloísa Helena.

Especial
  • Leia cobertura completa das eleições 2006
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página