Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
19/09/2006 - 10h27

Gedimar Pereira foi segurança da campanha de Lula em 2002

Publicidade

da Folha Online

O "Painel" da Folha de S.Paulo desta terça-feira informa que o advogado e ex-policial Gedimar Pereira Passos, que declarou ter negociado para o PT a compra de informações contra os tucanos, foi segurança da campanha de Lula em 2002.

Gedimar foi preso pela Polícia Federal na sexta-feira em São Paulo juntamente com Valdebran Padilha, filiado ao PT do Mato Grosso. Com eles a PF apreendeu R$ 1,7 milhão. O dinheiro seria usado na compra de um dossiê que vincularia José Serra, candidato ao governo de São Paulo pelo PSDB, com a máfia das ambulâncias.

À Polícia Federal, Gedimar disse que o dinheiro veio do PT e que seu contato no partido seria alguém chamado "Freud", o que provocou a demissão do assessor pessoal do presidente Lula, Freud Godoy.

O "Painel" de hoje informa ainda que Gedimar e Freud têm ligações com Francisco Baltazar da Silva, que coordenou a segurança de Lula em quatro eleições e foi acusado de envolvimento com o doleiro Toninho da Barcelona.

"Freud --que diz ter se encontrado com seu acusador apenas quatro vezes-- e Gedimar são unidos por um personagem, além do próprio presidente: Francisco Baltazar da Silva, delegado que coordenou a segurança de Lula em quatro eleições, virou superintendente da PF em 2003 e caiu em setembro do ano seguinte por envolvimento com o doleiro Toninho da Barcelona", diz o "Painel" (só para assinantes da Folha ou UOL), editado por Renata Lo Prete.

Segundo o "Painel, Gedimar é muito próximo de Baltazar, por sua vez amigo de Freud desde a campanha de 1989.

Leia mais
  • PF realiza acareação entre presos envolvidos com dossiê anti-Serra
  • Empresa da mulher de assessor fez campanha de Lula e atua para o PT
  • Assessor de Lula pede demissão após caso do dossiê anti-Serra
  • Lula se diz pronto para confronto caso oposição tente ligá-lo a dossiê

    Especial
  • Leia cobertura completa das eleições 2006
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página