Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
01/10/2006 - 23h46

Drags da noite de São Paulo perdem eleições

Publicidade

da Folha Online

Léo Áquila (PSC) e Salete Campari (PDT), drags famosas da noite paulistana, perderam as eleições. Elas disputavam uma vaga na Assembléia Legislativa e ficaram fora da lista dos 200 candidatos a deputado estadual com maior número de votos.

Áquila, famosa por aparecer em programas da Rede TV!, ficou melhor posicionada do que Salete. Com 91% das urnas apuradas, Jadson Mendes de Lima (seu nome de batismo) aparece com cerca de 20 mil votos (0,11% do total), na posição 205º. Mas está em 6º lugar entre os mais votados de seu partido.

Márcio Fernandes/Folha Imagem
Léo diz que gays precisam se politizar mais
Léo diz que gays precisam se politizar mais
"É um número bastante expressivo de votos para uma campanha feita sem dinheiro. Os gays precisam se politizar mais e apoiar quem defende a cultura gay", disse Áquila, já reconhecendo a derrota.

Já Salete Campari (ou Francisco de Sales Rodrigues), conhecida por freqüentar festas de famosos como o casamento da apresentadora Luciana Gimenez, figura com cerca de 3.400 votos (0,02%).

Para se ter idéia, neste momento da apuração, Campos Machado (PTB) tem 227.612 votos (1,23%), na posição de mais votado.

Na apuração dos votos para deputado federal de Sâo Paulo, o estilista Clodovil Hernandes, homossexual assumido, está entre os três mais votados (479.575 ou 2,43% do total).

Especial
  • Leia cobertura completa das eleições 2006
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página