Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
20/07/2006 - 10h09

Fundação Gates doa US$ 287 mi para pesquisa de vacina anti-Aids

Publicidade

da France Presse, em Washington

A Fundação Gates --do criador da Microsoft, o milionário Bill Gates-- anunciou a doação de US$ 287 milhões para 16 projetos de pesquisa, com o objetivo de aumentar a colaboração internacional e a troca de informações científicas com o objetivo de obter uma vacina contra a Aids.

O dinheiro irá financiar uma série de projetos inovadores que buscam uma vacina eficaz contra a Aids, e permitirá a colaboração de mais de 165 cientistas de 19 países para enfrentar um dos maiores desafios nesse campo de pesquisa, diz um comunicado da fundação.

Onze grupos de pesquisadores irão se concentrar na pesquisa de uma vacina, aplicando conhecimentos científicos e as técnicas médicas mais modernas. Três desses grupos estarão em contato com cinco laboratórios e centros de análise de dados, o que permitirá aos cientistas compartilhar e comparar abertamente os resultados.

"A criação de uma vacina contra a Aids se tornou um grande desafio científico. Estamos frustrados com a lentidão do progresso da pesquisa de uma vacina, mas avanços são possíveis se trabalharmos juntos de uma forma diferente", indicou o principal assessor científico sobre vacinas contra a Aids da Fundação Gates, José Esparza.

Até o momento, a maioria das pesquisas para tentar criar uma vacina capaz de produzir anticorpos contra o vírus HIV foi conduzida por pequenas equipes de cientistas, que trabalham de forma isolada, assinalou Esparza.

Serão beneficiados pela doação pesquisadores de Áustria, Bélgica, Camarões, Canadá, Dinamarca, França, Alemanha, Índia, Japão, Holanda, África do Sul, Espanha, Suécia, Suíça, Uganda, Grã-Bretanha, EUA e Zâmbia.

Existem no mundo 42 milhões de pessoas infectadas com o vírus da Aids, doença que mata três milhões de pessoas anualmente.

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre vacinas contra Aids
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página