Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
27/12/2006 - 10h52

Ilha habitada desaparece sob águas da costa da Índia

Publicidade

da Folha Online

Uma pequena ilha desapareceu da superfície do planeta devido ao aumento do nível do mar provocado pelo aquecimento global, segundo uma reportagem do jornal "Independent". A ilha de Lohachara, na baía de Bengala, Índia, é a confirmação de previsões sobre o agravamento do efeito estufa.

Há oito anos, algumas ilhas desabitadas do arquipélago de Kribati, no Pacífico, desapareceram. Os habitantes de Vanuatu (próxima ao local) foram retirados de suas casas por precaução.

Segundo especialistas, à medida que os mares se elevam, países com vastas planícies costeiras, como o Egito ou Bangladesh, podem perder boa parte de suas terras. O desaparecimento gradual de Lohachara, porém, não tem precedentes. No passado, o local abrigava 10 mil pessoas.

O sumiço total da ilha foi confirmado por cientistas da Universidade Jadavpur, de Calcutá, que estudavam em Sunderbans, uma região de mangue no delta do Ganges.

Os pesquisadores ficaram sabendo da submersão por imagens de satélites. Uma ilha vizinha, Suparibhanga, também desapareceu, assim como dois terços de outra ilha povoada, Ghoramara. "Em questão de alguns anos ela vai ser engolida também", diz Sugata Hazra, coordenador do estudo.

Há ainda outras dez ilhas em processo de submersão na parte indiana do delta --cerca de 400 tigres que vivem na área poderão morrer devido ao fenômeno.

Até então, acreditava-se que as Ilhas Carteret, em Papua-Nova Guiné, seriam as primeiras terras povoadas a submergir --o que poderá ocorrer em cerca de oito anos. Lohachara, porém, foi a primeira ilha povoada a sumir.

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre aquecimento global

  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página