Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
07/09/2007 - 12h51

Cientistas decifram genoma de fungo prejudicial ao trigo

Publicidade

da Efe, em Madri

Quarenta e cinco pesquisadores de oito países decifraram o genoma completo do Fusarium graminearum, fungo patogênico dos cereais que é responsável pela fusariose do trigo --que causou prejuízos milionários nos Estados Unidos nos anos 90.

A cientista espanhola María Isabel García Roncero, da Universidade de Córdoba (Andaluzia), afirma que esse trabalho (publicado na revista "Science") facilitará o desenvolvimento de métodos para o controle sustentável e eficaz das doenças das plantas.

A fusariose do trigo atinge cultivos de Europa, América do Norte, América do Sul e Ásia --especialmente da China. A severidade das infecções foi aumentando de forma contínua nos últimos dez anos.

O Fusarium graminearum não causa apenas grandes prejuízos econômicas em todo o mundo. Suas toxinas contaminam o grão armazenado, o que também faz com que represente uma ameaça para a saúde humana e animal.

A iniciativa de análise do genoma foi liderada pelo professor Corby Kistler, da Universidade de Minnesota, em colaboração com o Broad Institute do Massachusetts Institute of Technology (MIT) e a Universidade de Harvard, todas nos Estados Unidos.

Acompanhe as notícias em seu celular: digite wap.folha.com.br

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página