Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
29/11/2007 - 10h27

Papa pede maior esforço para deter a Aids

Publicidade

da France Presse, em Roma

O Papa Bento 16 fez um apelo à comunidade internacional nesta quarta-feira (28) para que multiplique os esforços para "deter a propagação do vírus HIV".

"Desejo estimular todas as pessoas de boa vontade para que multipliquem os meios para frear a difusão do vírus e combater o preconceito que afeta com freqüência os que o contraíram", pediu o Papa ao final de audiência geral no Vaticano.

O pontífice também solicitou "atenção aos enfermos, especialmente às crianças".

O apelo do Papa foi pronunciado por ocasião da Jornada Mundial contra a Aids que se celebra neste sábado, 1 de dezembro.

"Estou espiritualmente próximo dos que sofrem dessa terrível enfermidade e de suas famílias, em particular as que perderam um parente", disse.

Mais de 33 milhões de pessoas vivem no mundo com o vírus HIV, desse total, 1,6 milhão na América Latina, segundo as últimas estimativas sobre a propagação da epidemia publicadas no informe anual ONUAIDS.

A África subsaariana é a região mais afetada com 22,5 milhões, dos quais 61% são mulheres.

Acompanhe as notícias em seu celular: digite o endereço wap.folha.com.br

Comentários dos leitores
Como pode o cidadão brasileiro ser tão alienado a idéia de seres mágicos, livros sagrados, revelações paranormais e etc? Não existem milagres, existe ciência!
Curioso que há época narrada neste livro mitógico conhecido como bíblia, mais ou menos há 2000 anos, uma doença assolava a população, a LEPRA.
Passados tanto tempo quem curou a doença? Quem a controlou, estudou e detalhou seus mecanismos de infestação e sintomas?
Me desculpem o deboche, mas não foram os "seres mágicos", foram décadas de estudos de dezenas de cientistas dedicados em fazer o bem.
O tempo que perdem, com tanta paixão e egocentrismo, em decorar versículos e mais versículos seria melhor empregado se praticassem a ciência, se estudassem coisas do mundo real.
Parafraseando com o filme de ficção MATRIX, caiam na real e tomem a pílula certa.
sem opinião
avalie fechar
Rui Ruz Caputi Caputi (1165) 05/11/2008 10h18
Rui Ruz Caputi Caputi (1165) 05/11/2008 10h18
Essa matéria de que a Merck que produziu a vacina ajudou a disseminar o vírus da aids é bizarra. Como pode um laboratório ser irresponsável a um nível tão rasteiro como esse? sem opinião
avalie fechar
Marcos Martins (2) 04/11/2008 20h29
Marcos Martins (2) 04/11/2008 20h29
A AIDS tem tudo para ser a chamada "chaga maligna e incurável" citada no livro do Apocalipse, o último da Bíblia cristã. Se assim for, não haverá cura. Porém, como médico, digo que nunca se deve desistir de tentar encontrá-la. 7 opiniões
avalie fechar
Comente esta reportagem Veja todos os comentários (50)
Termos e condições
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Voltar ao topo da página