Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
27/02/2003 - 17h01

Usuário de maconha corre mais risco de desenvolver enfisema

da Folha Online

Usuários regulares de maconha têm mais chances de desenvolver um tipo de enfisema do que os fumantes de cigarro normal, de acordo com médicos britânicos.

O médico Mark Johnson, do Glasgow Royal Infirmary, observou que um grupo de pacientes apresentou sinais de uma forma de enfisema, que reduz a superfície dos pulmões e a substitui por grandes cistos de cristais. Os alvéolos _onde o oxigênio é transferido para o sangue_ são restritos pelos cistos, o que causa o colapso pulmonar.

De acordo com ele, os casos entre pessoas dos 25 aos 40 anos, que fumam maconha com regularidade, têm crescido. O risco seria maior porque a fumaça é mantida por mais tempo nos pulmões, em comparação com outros tipos de fumo, além de os filtros não serem utilizados.

Segundo uma pesquisa conduzida por Johnson, pacientes que fumam dois ou três cigarros de maconha por dia sofrem danos similares àqueles que fumam mais de 20 cigarros normais no mesmo período.

"A cada dois meses descubro um novo paciente com sinais desta condição, mas ninguém sabe ao certo quantas pessoas são afetadas", disse o médico ao jornal "The Independent".
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página