Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
24/01/2005 - 21h08

Justiça decreta prisão de acusado de matar jovem em show de rap

Publicidade

da Folha Online

A Justiça decretou, na noite desta segunda-feira, a prisão temporária de José Roberto Lourenço de Moura Júnior, 21, acusado de ter matado Luiz Fernando da Silva Santana, 19, a tiros durante show do grupo de rap Racionais MC's na boate Ecletic Hall, em Bauru (343 km de São Paulo). O crime ocorreu por volta das 3h30 de domingo.

O acusado está sendo procurado pela polícia.
Divulgação
O grupo Racionais MCs


Não houve registros de briga entre o público. Com base em depoimentos de testemunhas, a polícia acredita que o crime tenha sido um acerto de contas. Havia cerca de 1.200 pessoas na casa noturna.

Segundo informações da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) do município, Santana foi atingido no peito e na nuca enquanto dançava e chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Outro rapaz, José Gilmar de Godói, 22, foi baleado no braço direito e passa bem.

Leia mais
  • Shows dos Racionais tiveram morte e tumulto em anos anteriores
  • Seqüestradores libertam dois empresários no interior de SP
  • Após furtos, igreja deve adotar sistema de segurança em SP

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre pessoas baleadas
  • Leia o que já foi publicado sobre o Racionais MCs
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página