Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
05/05/2006 - 13h22

Justiça proíbe prova do laço na Festa do Peão de Barretos

Publicidade

da Folha Online

A Justiça de Barretos (424 km a noroeste de São Paulo) proibiu a realização das provas do laço ao bezerro e laço em dupla na Festa do Peão de Boiadeiro de 2006, que acontece de 17 a 27 de agosto.

A liminar atende à Ação Civil Pública movida pelos promotores José Ademir Campos Borges e Fernando Célio de Brito Nogueira contra o clube Os Independentes e a Associação Nacional do Laço ao Bezerro.

De acordo com os promotores, o clube e a associação se comprometeram a realizar um estudo científico demonstrando como a modalidade pode ser praticada sem implicar em maus-tratos ou danos aos animais.

"O único estudo que o clube apresentou foi procedido por zootecnista, mas o acordou previu perícia médica para avaliar os impactos clínicos de referidas provas nos animais", disse Borges. Segundo ele, o clube e a associação também deixaram de depositar a verba de R$ 17.558 para os custos da perícia.

"O tema [proteção aos animais] é imposto pela Constituição Federal e pelas leis infraconstitucionais, e vem sendo de longa data ressaltada por ONGs e entidades protetoras dos animais", afirmou Nogueira.

Segundo a assessoria do clube Os Independentes, a prova do laço ao bezerro não será realizada na festa deste ano, independente da liminar, porque uma pesquisa está sendo feita sobre o assunto e ainda não foi concluída.

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre a Festa de Peão de Boiadeiro de Barretos
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página