Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
27/10/2006 - 10h22

Prefeito de SP regulamenta o enterramento de cabos e fios

Publicidade

da Folha de S.Paulo

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PFL), regulamentou ontem a lei que disciplina o enterramento de cabos e fios que hoje estão fixados em postes na cidade. O decreto de Kassab obriga concessionárias de serviços públicos que usam cabos aéreos a enterrar 250 km lineares de cabos por ano. No lugar dos postes serão plantadas árvores.

O decreto deverá ser publicado no "Diário Oficial da Cidade" de hoje, entrando em vigor automaticamente. O cronograma das obras será definido pela prefeitura por meio do Pera (Programa de Enterramento da Rede Aérea). Kassab também criou a Câmara Técnica de Gestão de Redes Aéreas, responsável por planejar o programa nos próximos 24 anos.

O decreto prevê que as concessionárias deverão reparar danos que as obras possam causar na cidade.

Kassab disse, no fim de setembro, que considerava o aterramento dos cabos e fios um de seus projetos prioritários para os próximos anos.

Na última semana, ele recebeu da Emurb (Empresa Municipal de Urbanização) um estudo sobre como implantar o projeto do enterramento. A Emurb estimou em cerca de R$ 250 bilhões o valor necessário para aterrar os 180 mil km de fios e cabos em São Paulo. Eles estão espalhados pelos 17 mil km de ruas da cidade. A lei que originou o decreto foi sancionada em julho do ano passado.

A Folha tentou falar com a Eletropaulo para ouvir a posição dela sobre a medida, mas não obteve sucesso.

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre enterramentos de fios
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página