Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
26/01/2007 - 23h18

Cinegrafista morre ao ser atingido por avião em pista de decolagem

Publicidade

JOSÉ EDUARDO RONDON
da Agência Folha

Um cinegrafista morreu na tarde desta sexta-feira no aeroporto de Apucarana (PR) após ser atingido por um avião em processo de decolagem.

O cinegrafista Everson Laurino, 26, teve a cabeça esmagada enquanto realizava filmagens na cabeceira da pista durante a decolagem de um avião operado pela empresa Líder Aviação.

A aeronave, um jato executivo, decolou de Apucarana com destino a São Paulo.

"Acho que por estar olhando pela câmera ele provavelmente não percebeu quão próximo estava do avião", disse o administrador do aeroporto, José Luis Alves Miguel.

De acordo com Miguel, Laurino havia recebido autorização para realizar filmagens no pátio das aeronaves.

"Ele ultrapassou [o limite autorizado], invadiu a pista. O pessoal do aeroporto não percebeu. Agora as conclusões, os culpados ou não, as investigações irão apontar."

O delegado que investiga o caso, Cássio Wzorek, disse que o piloto do avião será indiciado por homicídio culposo (sem intenção de matar). O nome dele não foi informado. A Polícia Civil também requisitou perícia do jato.

De acordo com Wzorek, o momento em que a aeronave atingiu o cinegrafista foi registrado pela câmera.

Em nota, a Líder Aviação declarou que "se colocou à disposição das autoridades policiais e aeronáuticas para esclarecimentos sobre o acidente".

A empresa também classificou a pista do aeroporto de "ondulada e cuja topografia irregular não permite boa visibilidade".

Segundo a Líder Aviação, a tripulação, por medida de segurança, optou por prosseguir com a decolagem para não colocar em perigo a vida dos ocupantes do jato e das pessoas que estavam na pista do aeroporto em socorro ao cinegrafista. Cinco passageiros estavam a bordo.

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre acidentes aéreos
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página