Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
10/11/2000 - 08h08

Baterista da banda O Rappa tenta impedir assalto e acaba baleado

Publicidade

da Folha Online

O baterista e principal compositor da banda O Rappa, Marcelo Faria Pontes, o Marcelo Yuka, 35, foi baleado ao tentar impedir um assalto no cruzamento das ruas Andrade Neves e José Higino, no bairro da Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro, por volta das 22h de ontem.

Yuca foi atingido por três tiros, um deles na coluna, quando tentou atropelar um grupo de assaltantes. Segundo testemunhas, os assaltantes teriam tentado tirar uma moça à força de um carro quando Yuka tentou atropelá-los.

O baterista foi socorrido pela polícia ao pronto-socorro Andaraí e deve ser submetido a cirurgia ainda hoje.

Segundo as primeiras informações do hospital, umas das balas se alojou na coluna de Yuka podendo deixá-lo paraplégico.

Leia a íntegra do laudo médico sobre Marcelo Yuka

Leia mais:

  • Laudo médico diz que estado de baterista do O Rappa é estável

  • Médico diz que baterista do O Rappa tem chance de ficar sem sequelas

  • Show do O Rappa em Osasco hoje é cancelado

  • Baterista do Rappa está sob efeito de anestesia

  • Pai de Yuka diz que filho já tinha evitado outros assaltos

  • Músico do Rappa não vai ficar paraplégico, diz produtor

  • Baterista do Rappa foi submetido a quatro cirurgias

  • Baterista baleado tem preocupação com a violência no RJ
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página