Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
15/03/2001 - 04h46

Plataforma de petróleo da Petrobras sofre explosões no Rio

Publicidade

CARLOS FERREIRA, da Folha Online

Duas explosões atingiram nesta madrugada a plataforma da Petrobras P-36, localizada na Bacia de Campos, Rio de Janeiro.

As explosões, que ocorreram à 0h30 e 0h50, destruíram os arredores da plataforma. Das 175 pessoas que estavam no local, uma morreu, duas ficaram feridas (uma com queimaduras em 85% do corpo e que foi levada de helicóptero para o hospital do Galeão) e pelo menos dez funcionários estão desaparecidos.

A Petrobras ainda não sabe as causas das explosões. Segundo a empresa, o local atingido foi uma coluna de petróleo que não estava sendo usada pela plataforma.

A Petrobras informou que 25 técnicos e bombeiros estão na plataforma para apagar os focos de incêndio que ainda atingem o local e que não há sinal de derramamento de óleo no mar.

A P-36 é a maior plataforma de exploração de petróleo do mundo e chegou ao Rio em meados de 99. Começou a funcionar em março de 2000. Ela tem capacidade para produzir 150 mil barris por dia. Atualmente produz 60 mil.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página