Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
14/06/2000 - 12h42

PM cerca a casa onde uma mulher é mantida refém no Rio

Publicidade

da Folha Online

Uma mulher está sendo mantida como refém dentro de uma casa de alto padrão em um condomínio fechado na rua Almirante Alexandrino, 3.790, Santa Teresa, centro do Rio de Janeiro, desde a manhã desta quarta-feira (14).

Segundo informações extra-oficiais, dois assaltantes estão baleados. Um PM ferido a tiros foi socorrido ao hospital da instituição.

A polícia teme que os assaltantes tentem fugir para a favela do Morro dos Prazeres, que é separada por uma mata do condomínio onde acontece o crime, segundo a rádio CBN.

Um helicóptero sobrevoa o local. Dois caminhões com policiais do Bope (Batalhão de Operações Especiais) também já chegaram. O grupo é o mesmo que participou da ação desastrada da última segunda-feira, quando um sequestrador e uma refém foram mortos no desfecho de um sequestro a um ônibus no Jardim Botânico.

O sequestrador foi morto asfixiado por policiais militares, segundo o governo do Rio. Cinco PMs estão presos. O comandante-geral da PM do Rio, coronel Sérgio da Cruz, foi demitido devido aos erros dos policiais.

Já foi escolhido o novo comandante-geral da PM. É o coronel Wilson Alves Ribeiro, 53. Ele já foi comandante do Bope e atualmente era comandante do Estado-Maior da PM.

O novo comandante-geral afirmou que a ação de segunda-feira mostrou algumas falhas da PM, como a falta de treinamento e equipamento adequado.

Clique aqui para ler toda a cobertura do caso na página especial Pânico no Rio

Leia mais notícias de cotidiano na Folha Online

Discuta esta notícia nos Grupos de Discussão da Folha Online
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página