Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
14/06/2000 - 13h17

PMs que mataram sequestrador no Rio queriam atestado falso

Publicidade


da Folha Online

Os policiais militares que mataram o sequestrador Sandro do Nascimento asfixiado, depois de terem o colocado com vida dentro do camburão, teriam pedido para os médicos do hospital Souza Aguiar, no Rio de Janeiro, para onde ele foi levado, para alterar o atestado de óbito do sequestrador.

Os policiais teriam ainda afirmado que Sandro tinha morrido com um tiro e como a versão não foi aceita pelo hospital, teriam ameaçado entrar na sala de emergência para atirar no sequestrador.

Os policiais estão presos desde terça-feira (13). As denúncias foram feitas por funcionários do hospital.

As informações são do Jornal Hoje.

Clique aqui para ler toda a cobertura do caso na página especial Pânico no Rio

Leia mais notícias de cotidiano na Folha Online

Discuta esta notícia nos Grupos de Discussão da Folha Online

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página