Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
16/06/2000 - 17h16

PM que atirou em refém não comparece a depoimento

Publicidade

da Folha Online, em São Paulo

O PM Marcelo dos Santos, acusado de atirar na professora Geísa Firmo Gonçalves, deveria ter prestado depoimento nesta sexta-feira no 15º DP, na Gávea.

No entanto, o comandante do Bope (Batalhão de Operações Especiais), José Penteado, disse que Santos está de licença médica e não iria ao depoimento.

Penteado também prestou depoimento nesta sexta. A delegada titular do 15º DP, Marta Rocha, disse que não vai fazer nenhum comentário até ouvir todas as testemunhas.

Em relação a Santos, a delegada disse que quer saber o motivo da licença médica.

Depois do caso do ônibus 174, qual seria a melhor solução para evitar cenas como aquelas? Vote

Clique aqui para ler toda a cobertura do caso na página especial Pânico no Rio

Leia mais notícias de cotidiano na Folha Online

Discuta esta notícia nos Grupos de Discussão da Folha Online
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página