Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
19/06/2000 - 12h00

Deputado culpa "xerife" Garotinho por problemas de segurança no Rio

Publicidade

LEONARDO FUHRMANN, repórter da Folha Online

O deputado estadual do Rio de Janeiro Hélio Luz (PT) criticou a administração da segurança pública pelo governador Anthony Garotinho (PDT). "Ele usa a questão da segurança para fazer política e não está preocupado com o cidadão."

Para o deputado, que foi chefe da Polícia Civil durante a gestão de Marcello Alencar (PSDB) e foi demitido por apoiar um protesto de policiais exigindo mudanças no plano de carreira, Garotinho pode ser responsabilizado por "ações desastradas" como a de segunda-feira passada (12) quando uma refém foi morta e o assaltante foi posteriormente estrangulado.

"Havia duplo comando na operação. O coronel José Penteado, comandante do Bope (Batalhão de Operações Especiais), não comandava a operação", disse Luz.

O petista disse que não há qualquer plano real de segurança e tudo não passa de marketing. "Todo mundo sabe que ele quer ser presidente. Por isso, o governador fica brincando de polícia, o xerife Bolinha", afirmou Luz.

"O plano de segurança deve ser amplamente discutido pela sociedade, mas as operações devem ser dirigidas por profissionais", declarou.

Ele lembrou que em menos de um ano, o governador teve quatro desentendimentos com o ex-coordenador de segurança do Rio, o cientista social e antropólogo Luiz Eduardo Soares.

Depois do caso do ônibus 174, qual seria a melhor solução para evitar cenas como aquelas? Vote

Clique aqui para ler toda a cobertura do caso na página especial Pânico no Rio

Leia mais notícias de cotidiano na Folha Online

Discuta esta notícia nos Grupos de Discussão da Folha Online
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página