Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
05/05/2001 - 10h37

Sumaré contabiliza danos causados pelo tornado de ontem

Publicidade

MÁRIO TONOCCHI
da Folha Online, em Campinas

Funcionários da Prefeitura de Sumaré (120 km de SP) estão percorrendo a cidade na manhã de hoje para apurar os estragos do causados pelo tornado que atingiu a região de Campinas no final da tarde de ontem.

Em Sumaré, o funcionário da Lion Caterpillar Edilton de Albuquerque Silva, 50, morreu depois que um muro da empresa caiu sobre ele durante o vendaval.

Várias pessoas ficaram feridas com o temporal, entre elas a menina Taís Cristina da Silva, 9, que sofreu traumatismo craniano e está internada em estado grave no Hospital de Clínicas da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas).

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Sumaré o sistema de telefonia ainda funciona precariamente e a energia elétrica ainda não foi restabelecida na região do Horto Florestal. A cidade foi a mais atingida pelo tornado que passou por nove cidades da região.

Os ventos de até 300 km/h, segundo registros do Cepagri (Centro de Pesquisa em Agricultura), da Unicamp, acompanhados de fortes chuvas destelharam casas, derrubaram árvores, postes de iluminação e torres de energia.

Em Campinas o número de árvores que caíram chega a 66, segundo o centro de controle da Defesa Civil da cidade. A energia elétrica na cidade foi restabelecida no final da noite de ontem.

A moradora de Campinas Lucia Cristina Rached Vincente, 42, que ficou ferida em uma queda de árvore permanece internada, em observação, no HC da Unicamp.

Em Nova Odessa, duas grandes árvores caíram na Avenida João Pessoa, no centro. Uma delas atingiu o Siena, de Moacir Aurélio Gurigo. Na Rua Riachuelo outra árvore caiu sobre o Corsa da socióloga Valéria Bosco.

No Parque Ecológico de Americana foram registradas a queda de dez árvores que, além de atingirem a rede elétrica, danificaram o banheiro e os recintos do lobo, arara e papagaios. Nenhum animal ficou ferido, mas a previsão da direção é que o parque fique fechado até domingo para os reparos.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página