Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
17/08/2000 - 10h04

Presos foram queimados dentro das celas no DF

Publicidade

da Folha Online

Os presos que morreram nesta manhã durante a rebelião do Núcleo de Custódia do Presídio de Papuda, no Distrito Federal, em Brasília, foram queimados dentro de suas celas. As informações foram dadas pela assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal e ainda podem ser modificadas.

De acordo com a assessoria, a rebelião começou por volta das 8h, depois do café da manhã. O motivo da rebelião foi um acerto de contas. Por isso, o grupo rival ateou fogo em duas celas específicas, uma na ala A e outra na ala B. Há três alas no Núcleo de Custódia.

A assessoria de imprensa informou que há em média 8 presos por cela, o que pode tornar o número de vítimas ainda maior. Primeiramente se fala em 11 presos mortos.

O grupo que iniciou a rebelião trancou as celas dos presos mortos e o acesso aos pátios. Os presos mortos podem ter sido esfaqueados antes de serem queimados vivos.


Clique aqui para ler mais notícias sobre os presos mortos no presídio de Papuda Folha Online

Leia mais notícias de cotidiano na Folha Online

Discuta esta notícia nos Grupos de Discussão da Folha Online
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página