Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
15/05/2004 - 11h48

Queda de avião em Manaus causa a morte de 33 pessoas

Publicidade

da Folha Online

A queda de uma aeronave Brasília, da Rico Linhas Aéreas, causou a morte de 33 pessoas em Manaus (AM). Segundo a empresa aérea, não há sobreviventes. O acidente ocorreu na noite da última sexta-feira, quando o avião se preparava para pousar no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes.

A aeronave foi localizada por volta das 3h por um helicóptero da Aeronáutica a cerca de 16 km da cabeceira da pista do aeroporto. Uma equipe formada por militares e bombeiros está no local do acidente.

Devido ao mau tempo e à mata fechada, o grupo teve que descer na floresta utilizado técnicas de rapel. Os corpos serão levados para o IML (Instituto Médico Legal) de Manaus.

De acordo com o Cecomsaer (Centro de Comunicação Social da Aeronáutica), o último contato da aeronave, que fazia o vôo 4815, com a torre do aeroporto de Manaus ocorreu por volta das 18h20 (horário local), quando o piloto avisou que pousaria dentro de 18 minutos.

O avião havia partido de Manaus e seguido para Tefé. De lá prosseguiu para São Paulo de Olivença, foi para Tabatinga, retornou para Tefé para, em seguida, voltar a Manaus. A aeronave desapareceu neste último trecho.

Em agosto de 2002, um outro avião da Rico Linhas Aéreas caiu próximo ao aeroporto internacional de Rio Branco (AC) matando 23 pessoas. Oito sobreviveram.

Leia mais
  • Veja lista dos mortos na queda do avião em Manaus
  • DAC investiga queda de aeronave em Manaus; 33 pessoas morreram
  • Veja os principais acidentes aéreos ocorridos no Brasil
  • Saiba mais sobre a aeronave Brasília, que caiu em Manaus
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página